Press "Enter" to skip to content

TRÊS TIPOS DE ALIMENTOS QUE NÃO DEVEMOS CONSUMIR

Caroline Dallacorte 0

Engana-se quem pensa que devemos nos preocupar apenas com a composição nutricional dos alimentos. Sua origem, forma de preparo e conservação possuem influência direta na sua saúde e bem estar.

Atenta à estas questões a equipe da PackID cita três tipos de alimentos que você não deve consumir e dá
algumas dicas de como identificá-los:

1 – Alimentos mantidos em temperaturas de conservação inadequadas: parece inofensivo ou até comum haver falhas no sistema de armazenamento, contudo isto representa um risco eminente à nossa saúde. Alimentos refrigerados, congelados ou mantidos em estufas em temperaturas fora da faixa
de segurança, além de sofrerem uma redução do tempo de validade, oferecem condições para a multiplicação acelerada de micro-organismos responsáveis por causar infecções e intoxicações. Assim, dependendo da condição, podem impactar na sua saúde a curto, médio e longo prazo e causar desde um simples desconforto abdominal, até infecções crônicas e a morte.

Como evitar este tipo de alimento: no supermercado verifique como está a temperatura dos expositores de frios, alimentos com aspecto amolecido, com líquido dentro da embalagem ou excesso de gelo são indícios de falhas no sistema de armazenamento. Alguns equipamentos possuem um display que indica a temperatura e é dever do estabelecimento acompanhar e registrá-las em planilhas diariamente, o mesmo é feito nos serviços de alimentação e na indústria.

2 – Alimentos expostos ou processados em condições não higiênicas: embalagens bonitas, uma harmonização de pratos e ambiente legal não significam condições higiênicas de preparo e armazenamento. Estes fatores contribuem para uma elevação na quantidade de microrganismos presentes no alimento e na consequente, elevação do risco de contaminação por micro-organismos
patogênicos, contaminantes físicos (insetos, cabelo, entre outros…) e químicos (produtos de limpeza, óleos, graxas…). Assim, podem colocar a sua saúde em risco também.

Como evitar este tipo de alimento:  certifique-se da existência de um responsável técnico no estabelecimento e/ou um setor de qualidade. A presença destes já demonstra seriedade e comprometimento com a qualidade e cumprimento aos requisitos legais. Verifique se há evidências de registros e controles, de limpeza e higienização. Por último, confie no seu feeling, analise a conduta e
asseio pessoal dos colaboradores, a limpeza dos ambientes, os bastidores das áreas de preparo de alimentos. Na presença de inconformidades – questione! A ausência de informação e registros provam o desrespeito ao consumidor e a sua saúde.

3 – Alimentos de origem duvidosa, principalmente perecíveis: os serviços de inspeção e vigilância desempenham o papel de garantir a origem segura dos alimentos que chegam até sua mesa. Apesar de tantos esforços, por questões culturais e falta de informação, algumas pessoas procuram consumir alimentos que julgam ser mais artesanais e naturais. No entanto os micro-organismos
e contaminantes também são naturais, tanto que estão em toda parte (no ar, no nosso próprio corpo, nos animais e na natureza em geral). Alguns deles são benéficos e outros podem deixar sequelas ou doenças crônicas e até serem fatais. Toda essa turma, vem junto no alimento e apenas processos adequados de
industrialização são capazes de destruir aqueles que colocam em risco sua saúde.

Como evitar este tipo de alimento: é imprescindível, para uma alimentação segura consumir alimentos que passam por algum tipo de fiscalização. Opte por aqueles que contenham registro,
responsabilidade técnica, procedência e rastreabilidade, analise as informações das embalagens e das empresas que você adquire alimentos.

Vamos ajudar a cuidar da saúde e bem estar de todos? Faça sua parte, fiscalize!

Para esclarecimento de dúvidas e maiores informações entre em contato conosco.

Elaborado por:

Geiza Natácia Sarturi CREA – 158831-9

Engenheira de Alimentos e de Segurança do Trabalho. Atua como agente comercial da PackID. Consultora empresarial nas áreas de Inovação e Gestão da Qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *